Início > Gestão > Software de manutenção! Comprar ou desenvolver?

Software de manutenção! Comprar ou desenvolver?


Nós da área da manutenção reconhecemos a importância da utilização de um software para controle das intervenções realizadas dentro das empresas, os que utilizam e também os que não possuem software na empresa.

Entre as opções de comprar e desenvolver também existe a possibilidade de se efetuar o controle eletrônico, porém sem a utilização de software de gerenciamento.

Segundo a última pesquisa da ABRAMAN, temos a seguinte situação nas empresas:

  • 35.8% pacotes externos;
  • 18.75% somente planilhas eletrônicas;
  • 18.18% softwares externos adaptados;
  • 14,2% softwares próprios e externos;
  • 11.36% software próprio;
  • 1.7% não utilizam software.

Para a escolha de um software de manutenção devem ser levados consideração vários aspectos importantes, para que não seja efetuada a escolha de forma incorreta. Se efetuar a escolha de aquisição de um software externo e efetuar adaptações de forma exagerada, pode ser que a escolha do software não foi a mais adequada, ou que na verdade o ideal seria elaborar um software próprio.

Quando se contrata uma empresa externa para customização do software a empresa fica dependente da equipe, o que pode ser prejudicial caso alguns componentes da equipe se desliguem da empresa, porém nem sempre é justificável ter a própria equipe de TI dedicada apenas na elaboração do software.

É uma ilusão acreditar que se encontra facilmente um software que atenda todas as necessidades de uma equipe de manutenção, por isso é que se torna necessário efetuar algumas adequações nos softwares.

Quando se fala da troca de softwares de manutenção, ocorre um problema mais sério, que é uma resistência por parte dos usuários em aceitar as mudanças, por já estarem totalmente habituados com o software atual, porém a experiência mostra que isso não é somente um problema da área da manutenção, são raros os exemplos que há uma aceitação imediata para a mudança do software de gestão.

O valor tão baixo referente as empresas que não utilizam softwares se deve ao fato de se existirem até pacotes gratuitos para informatização da manutenção.

Não é de hoje que a informática se faz presente dentro da manutenção, porém a tendência é crescer cada vez mais e enquanto as novidades vierem para tornar mais ágil os serviços da manutenção, serão sempre bem vindos.

Fonte: A situação da Manutenção no Brasil – Documento Nacional 2009

Anúncios
Categorias:Gestão
  1. agosto 5, 2010 às 1:29 pm

    Realmente quando se fala em substituir o sotware existente á resistencia, onde trabalho passamos por este problema, porem acabamos notando que a manutenção não é controlada pelo software e sim pelas pessoas, é um erro muito grave achar que quem vai gerenciar a sua mantutenção é o sistema, muitas vezes a culpa da falta de gestão e valorização da manutenção cai sobre o sistema, que é simplismente uma ferramenta.

    • agosto 5, 2010 às 4:54 pm

      Olá João, obrigado por mais uma vez comentar o texto.
      Na empresa onde eu trabalho também foi cogitada a substituição do software que utilizamos, porém até o momento ainda utilizamos o mesmo software.
      Realmente uma falha na utilização do software pode fazer com que a avaliação do mesmo seja negativa, por isso os usuários devem passar por treinamentos para que possam utilizar todas as funcionalidades do sistema.
      Em um questionário que eu elaborei, recebi respostas de alguns profissionais da manutenção e foi comentado o fato do software ser apenas uma ferramenta que auxília nos serviços da manutenção.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: