Inicial > Livros > Quem mexeu no meu queijo?

Quem mexeu no meu queijo?


Hoje, vou postar algumas partes do livro quem mexeu no meu queijo, que considero muito interessante, pois fala sobre a resistência à mudança. Abaixo seguem alguns trechos retirados do livro, onde o queijo significa qualquer coisa que desejamos possuir, espero que gostem…

Quem mexeu no meu queijo é uma parábola que revela verdades profundas sobre mudanças. Dois ratinhos e dois homenzinhos vivem em um labirinto em busca de queijo – metáfora para o que se deseja ter na vida, de um bom emprego à paz espiritual. Um deles é bem-sucedido e escreve o que aprendeu com sua experiência nos muros do labirinto. As palavras rabiscadas nas paredes ensinam a lidar com as mudanças para viver com menos estresse e alcançar mais sucesso no trabalho e na vida pessoal.

A seguir descrevo cada uma das mensagens rabiscadas na parede pelo homenzinho:

  • Ter queijo te faz feliz;
  • Quanto mais importante seu queijo é para você menos você deseja abrir mão dele;
  • Se você não mudar morrerá;
  • O que você faria se não tivesse medo?;
  • Cheire o queijo com frequência para saber se está ficando velho;
  • O movimento em uma nova direção ajuda-o a encontrar um novo queijo;
  • Quando você vence o seu medo, sente-se livre;
  • Imaginar-me saboreando o novo queijo, antes mesmo de encontrá-lo conduz-me a ele;
  • Quanto mais rápido você se esquece do velho queijo, mais rápido encontra um novo;
  • É mais seguro procurar no labirinto do que permanecer sem queijo;
  • As velhas crenças não o levam ao novo quejo;
  • Quando você acredita que pode encontrar e apreciar um novo queijo, muda de direção;
  • Notar cedo as pequenas mudanças ajuda-o a adaptar-se às maiores que ocorrerão;
  • Sair do lugar assim como o quejo e gostar disso!

O Manuscrito na Parede

  • A mudança ocorre: continuam a mexer no queijo;
  • Antecipe a mudança: prepare-se para o cado do queijo não estar no lugar;
  • Monitore a mudança: cheire o queijo com frequencia para saber quando está ficando velho;
  • Adapte-se rapidamente à mudança: quanto mais rápido você se esquece do velho queijo, mais rápido pode saborear um novo;
  • Mudança: saia do lugar assim como o queijo!;
  • Aprecie a mudança: sinto o gosto da aventura e do novo queijo
  • Esteja preparado para mudar rapidamente muitas vezes: continuam mexendo no queijo

Fonte:

Livro Quem mexeu no meu queijo? Spencer Johnson, M.D.

Anúncios
Categorias:Livros
  1. Maurício Cordeiro
    agosto 25, 2010 às 11:21 am

    Esse é um excelente livro quando lido sobre o foco de gestão e crescimento pessoal ele nos permite identificar o quanto precisamos estar atentos as pequenas mudanças em nossa vida profissional e nos mantermos constantemente nos reajustando ao nosso cenário apresentado.
    Infelizmente somente agora depois de ter trabalhado por 20 anos em uma única empresa e ter sido demitido entendi com clareza a importância arriscar mesmo estando em um estado confortável.
    “maginar-me saboreando o novo queijo, antes mesmo de encontrá-lo conduz-me a ele;” Hoje sei que essa é uma receita para o sucesso.

    • agosto 25, 2010 às 4:37 pm

      Mauricio, obrigado pelo comentário.
      Também achei o livro muito interessante e realmente nos ensina muito em relação a perceber as mudanças que ocorre a nossa volta.
      Espero que já esteja recolocado no mercado de trabalho e agora com uma nova visão em relação a necessidade de arriscar em algumas situações.
      Abraços e sucesso!!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: